×
Utilize aspas para busca exata.

Política de Cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

fechar

Política de Privacidade

fechar

Política de Uso de Dados

fechar

Origem

No final do século 19, a entidade associativa mais forte de Blumenau levava o nome de Kulturverein e reunia agricultores preocupados com a qualidade dos
produtos cultivados na região. Com o crescimento da cidade, o comércio e a indústria ganhavam importância no desenvolvimento econômico, social e político.

De olho nesse importante papel e preocupados com as dificuldades que enfrentavam para comercializar seus produtos e buscar soluções conjuntas para os
problemas comuns, um grupo de comerciantes e empresários fundou, em 5 de novembro de 1901, a Associação Comercial do Vale do Itajaí, atual Associação
Empresarial de Blumenau (ACIB).

A ACIB está presente como ponto agregador de ideias e propositor de soluções
onde a opinião do setor empresarial de Blumenau for crucial
para o crescimento da cidade e seu entorno.

História

A partir da fundação, os dirigentes da associação trabalharam ininterruptamente pela classe local. A associação lutou pela abertura de novas vias de
escoamento da produção, como estradas de ferro e rodovias. Fortaleceu setores abalados pela instabilidade econômica brasileira, garantindo a qualidade do
que era produzido na cidade. Ajudou na instalação das primeiras linhas de telefone.

Teve participação decisiva na construção da Usina do Salto, utilizada para gerar energia e fomentar novos empreendimentos. Foi uma das responsáveis pela
criação da Guarda Noturna e equipou a primeira unidade de Corpo de Bombeiros do interior do Estado.

A ACIB, ao longo dos mais de cem anos de história, teve papel relevante nos mais importantes fatos da cidade relacionados ao crescimento econômico e
desenvolvimento empreendedor. Podemos afirmar que a ACIB de Blumenau caminham de mãos dadas e uma tem papel fundamental no desenvolvimento
e crescimento da outra.

Linha do Tempo

Nasce a Associação Comercial do Vale do Itajaí, atual Associação Empresarial de Blumenau (ACIB). 

Com dez anos de atuação, a Associação lutou em prol dos comerciantes, diante de uma grande crise que assolou a cidade.

A Associação comunica uma eleição para a nova diretoria, que assumiria de 1922 a 1923

A Associação passou a aceitar congregar também profissionais liberais e, então a entidade passou a chamar-se Associação Comercial, Industriais e Classes Anexas de Blumenau. Ainda neste ano, a Associação iniciou a divulgação para aumentar o número de sócios, o que deu grande resultado.

Neste ano, com o auxílio da Associação, os produtos locais eram produzidos com o selo “Made in Blumenau”, incentivando a população a consumir produtos locais.

A Associação recebeu o convite do Estado para apresentar sugestões para o orçamento do mesmo, visto sua grande influência.

A Associação mudou de nome, passando a se chamar Associação Comercial e Industrial de Blumenau, onde no mesmo ano foram redefinidos os objetivos da entidade.

A entidade continuou auxiliando a comunidade, onde realizou a instalação de um telefone público na estação ferroviária, engajamento nas campanhas para a Cruz Vermelha do Brasil e para a Legislação Brasileira de Assistência Social.

A entidade comemora a marca de 197 sócios.

A ACIB criou um departamento de propaganda, com o objetivo de produzir material de divulgação aos associados.

A Associação assumiu a postura apartidária.

A ACIB enviou um documento à prefeitura sugerindo algumas medidas para minimizar os efeitos das enchentes que assolavam a cidade

Aprovação do projeto para construção da nova sede da entidade, no edifício Mauá, na Rua XV de Novembro

Nova diretoria assumiu em clima de recuperação, visto às catástrofes que haviam assolado a cidade. A proposta da nova gestão era buscar apoio financeiro para recuperação da economia da cidade e maior apoio aos micro e pequenos empresários.

A ACIB movimentou-se para a criação de um distrito industrial numa área livre de enchentes, com o objetivo de que algumas empresas se estabilizassem e não deixassem a cidade.

A ACIB entregou com fundos arrecadados pela Comissão de Segurança da entidade e empresas da cidade, a nova sede do Corpo de Bombeiros no Garcia.

A Associação criou uma nova diretoria, onde os diretores seriam responsáveis por áreas distintas: indústria, comércio, serviços, micro e pequenas empresas, assuntos comunitários e assuntos legais e governamentais.

Em meio a um cenário político devastado por Collor, o presidente da ACIB, Ronaldo Baumgarten, mantinha reuniões para ouvir a demanda dos empresários e lutava por melhorias na cidade.

A ACIB colocou em prática uma ideia antiga, transformar a rua XV de novembro num grande calçadão aos sábados.

ACIB conseguiu a redução da alíquota de ISS para o setor de informática

A gestão de Hans Mayer recebeu prêmios por sua estratégia na busca de novos associados, que passou de 320 para 950. Passando a ser reconhecida por todos os empresários, de pequenas, médias e grandes empresas.

A ACIB entra na era digital, colocando no ar seu site.

Neste ano a entidade se mantinha extremamente ativa através dos núcleos setoriais. 

100 anos de ACIB e lançamento de um novo logotipo, moderno e destacando a força de seu nome.

ACIB se manifesta contra reajuste de IPTU;

Início do projeto de implantação do CIEFE (Centro Internacional de Eventos e Feiras);

ACIB recebe Medalha do Mérito Anita Garibaldi.

ACIB participa ativamente das discussões do novo código tributário municipal;

Ações para viabilizar o CIEFE.

Continuidade das ações para viabilização do CIEFE (busca de espaço);

A ACIB se manifesta contrária a criação do Parque Nacional da Serra do Itajaí;

A ACIB promove encontros individuais com os candidatos a Prefeito de Blumenau.

Continuidade das ações para viabilizar o CIEFE. O projeto não é viabilizado e as ações encerram.
Eleição histórica com a disputa de duas chapas concorrentes para a diretoria da ACIB (Ricardo Stodieck x Valter Ros de Souza).
Instalação no espaço da ACIB do posto da Polícia Federal para emissão de passaportes. ACIB lidera projeto de revitalização do Aeroporto Quero Quero

Ações para o aumento do efetivo da segurança pública de Blumenau;

Articulações para viabilizar o projeto do trevo e viaduto da Mafisa. ACIB arrecadou recursos junto a classe empresarial para pagar o projeto e acelerar a obra;

Lançamento da campanha do voto útil com o slogan “Voto Consciente”;

Em 01/12/2006 o posto de emissão de passaportes na ACIB é fechado por decisão da Polícia Federal.

ACIB inicia a publicação da revista “Empresário”;

A entidade participa de passeata na rua XV de Novembro contra a prorrogação da CPMF;

Associação lança a campanha “Blumenau sem Pirataria” em conjunto com outras entidades. Desta ação surge posteriormente o Conselho Municipal de Combate a Pirataria.

A ACIB em parceria com PMB contratam empresa para projeto de revitalização do Aeroporto Regional de Blumenau.

A entidade inicia divulgações através do Twitter;

O projeto do Centro Empresarial de Blumenau é apresentado na ACIB e a obra deve iniciar em 2010;

ACIB e PMB criam comissão para acompanhar o projeto de revitalização do Aeroporto Regional de Blumenau.

ACIB discute e pede revisão de tarifa de água junto ao Samae atendendo demanda de seus associados. Como resultado, obtém 50% de redução da tarifa;

A comissão pró-ferrovias é criada, com foco na implantação da Ferrovia da Integração (leste-oeste), tendo uma audiência pública e três reuniões no ano;

A entidade lança a campanha do voto útil com o slogan “Vote pelo Vale”. O objetivo foi conscientizar a população para que votem em candidatos da região;

Início das articulações da ACIB para a criação do Observatório Social de Blumenau (OSBLU);

No mesmo ano aconteceram sete reuniões da comissão Pró-Revitalização do Aeroporto Regional de Blumenau. Foi lançado novo site e vídeo institucional. Firmando convênio com os cartões Util Card, Útil Alimentação e Útil Refeição da Facisc.

Fevereiro: ACIB se manifesta contrária ao reajuste do pedágio na BR-101;

Março: projeto do CEB finalizado e pressão pela duplicação da BR-470;

Abril: Diversas ações pelo aumento do efetivo policial, como audiência com o Secretário de Estado de Segurança Pública e Audiência Pública da ALESC para discutir o assunto;

Maio/Junho/Julho/Agosto: uma série de ações contrárias ao aumento do número de vereadores. A intenção é diminuir de 23 para 15;

Agosto: início das atividades do Observatório Social de Blumenau (OSBLU) na ACIB;

Novembro: comemoração pelos 110 anos da ACIB;

Dezembro: ACIB  organiza missão técnica para conhecer os habitats de inovação em Barcelona, Catalunha, Espanha.

Acontece a reunião com a Superintendência Regional da Polícia Federal em Florianópolis para pleitear a abertura de posto de emissão de passaportes na cidade.

Março: assinado contrato com a Construtora Mestra para início das obras de construção do Centro Empresarial de Blumenau (CEB);

Diversas ações pela Ferrovia da Integração; ACIB retorna ao Comitê do Itajaí; e Acib defende manutenção do traçado original da Ponte do Centro;

Novembro: ACIB participa da escolha do terreno que irá abrigar o novo complexo penitenciário de Blumenau na rua Silvano Cândido da Silva;

 ACIB recebe Comenda do Legislativo de SC pelo papel relevante no desenvolvimento de SC;

Dezembro: ACIB participa da assinatura de convênio para implantação do Centro de Inovação de Blumenau.

Reunião do G6 para tratar com agentes do Executivo Estadual e do Município de uma Agenda Positiva para Blumenau;

A ACIB se envolve em um movimento para pedir a melhora do sinal de telefonia móvel na cidade;

A entidade adere como signatária do "Movimento Nós Podemos" que atua com ações voltadas ao atingimento de metas dos Objetivos do Milênio (ODM).

A ACIB participa das manifestações de rua demonstrando insatisfação da classe empresarial com a perda de competitividade, aumento dos custos e a corrupção generalizada;

O Núcleo de Inovação da ACIB promove pesquisa para mapeamento das startups no Vale do Itajaí.

Tem início o programa “Espaço Empresarial ACIB” na Rádio Nereu Ramos. A ACIB participa ativamente do PEDEM – Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico Municipal de Blumenau. Plano este, coordenado pela PMB e SEBRAE. Continuam as manifestações de rua;

Acontece com o apoio da ACIB o 1º Startup Weekend em Blumenau no espaço da Senior Sistemas;

A ACIB inicia suas atividades em sua nova sede no CEB no dia 06/06/2016;

Agosto: A entidade reúne o Fórum Parlamentar Catarinense para debater obras na região;

A ACIB participa e é signatária da campanha “Por Uma Blumenau Melhor” com propostas para redução de custos no executivo e legislativo blumenauense;

A Associação articula com o Senador Dalírio Beber a vinda de posto de emissão de passaportes através de tratativas com o Ministro da Justiça. Shopping Park Europeu e Norte Shopping oferecem espaço gratuito para receber este posto.

Inauguração do CEB no dia 21/03/2017;

Continuam as manifestações de rua com o movimento “Vem Pra Rua” que pede o fim da impunidade, apoio a operação Lava Jato, fim do foro privilegiado, entre outras bandeiras;

Início do evento “ACIB NOS BAIRROS”;

Lançamento da plataforma digital ACIB BLUMENAU para promover networking e negócios entre os associados.

ACIB lança o Programa “ACIB RECICLA” em parceria com a WEEE.DO para recolhimento de resíduos eletroeletrônicos;

ACIB e G6 entregam proposta de redução de gastos na Câmara de Vereadores de Blumenau;

Lançado o documento VOZ ÚNICA com bandeiras únicas para o Vale do Itajaí e pedido de votos em candidatos da região;

A diretoria da ACIB visita o Centro de Inovação de Blumenau, obra a ser entregue em 2019.

Alteração no prêmio Gustav Salinger de Empreendedorismo com a inclusão da nova Categoria - Case de Marketing.

Janeiro: Visita ao centro de inovação feita pelo diretor executivo da ACIB - Charles Schwanke e o diretor para assuntos de Inovação, Everaldo Grahl.O objetivo da visita foi apresentar o Centro de Inovação e verificar o modelo de participação do Sebrae em termos de um espaço físico para estimular empreendedorismo, inovação e geração de startups.

Fevereiro: Acib apresenta nova campanha institucional - Neste mês de fevereiro, a consultoria AskNew apresentou à diretoria da Acib a nova campanha institucional da entidade, elaborada com o objetivo de ampliar o sentimento de orgulho do empresário e do associado. As peças incluem novo site, mídia exterior em formato de outdoor e Led; anúncios em revistas e spots de rádio. Também serão reforçadas ações nas redes sociais Facebook, Instagram e LinkedIn, para ampliar a comunicação com os empresários da região.

Março: Senador Esperidião Amin e deputada federal Ângela Amin se comprometem em buscar melhorias para infraestrutura. Em reunião com senador Esperidião Amin e a deputada federal Ângela Amin na Acib no mês de março, o presidente da Acib, Avelino Lombardi, destacou três pontos prioritários no que diz respeito às necessidades de investimentos federais em Blumenau: saúde,parceria para que a UFSC ocupe o campus da Furb e infraestrutura viária, sobretudo no que diz respeito à BR 470.   O senador enfatizou: "Temos uma relação emocional muito forte com a cidade. Nós queremos ajudar Blumenau”. 

Abril: Avelino Lombardi e Renato Medeiros são reeleitos para a gestão 2019-2021 da Acib - Avelino Lombardi e Renato Medeiros foram reeleitos para a gestão 2019-2021 da Acib. A votação ocorreu no dia 29 de abril, durante todo o dia, na sede da associação e os votos foram apurados no final da tarde. Foram 77 votos favoráveis. Também foram renovados 1/3 do Conselho Deliberativo (nove membros), o Conselho Fiscal (seis membros, sendo três titulares e três suplentes) e a Diretoria (15 membros). A posse está marcada para dia 27 de maio, no CEB (Centro Empresarial de Blumenau).

Presente

Hoje, a ACIB é referência em todo Estado pelo pioneirismo, já que foi a primeira entidade do gênero em Santa Catarina, pela incansável luta para cultivar e
valorizar o espírito empreendedor da gente de Blumenau e pela representatividade que tem junto à comunidade, chegando a ser reconhecida como entidade
consultiva do poder público.

Além dos comerciantes e industriais, que fundaram a associação, a ACIB reúne hoje prestadores de serviços das mais diversas áreas. Assim, a entidade
acompanha de perto a tendência de Blumenau se transformar em um grande pólo de serviços, confirmando que, além da força empreendedora, o
blumenauense tem um poderoso patrimônio intelectual. A aplicação consciente dessas características faz de Blumenau uma cidade atraente para os mais
diversos empreendimentos e profissionais.